sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Planejamento 2017

Planejamento 2017
Principais temas e Introdução do ano letivo

Acolhimento dos Professores e Funcionários

Debate sobre a teoria da "Construção da Realidade" via Sociologia de Peter Berger;




O grupo de Professores, funcionários e equipe gestora fizeram reflexões sobre a construção do mapa de relevância e as melhores maneiras de evitar o conflito com a comunidade escolar.  


Os Professores escolheram entre as diversas sugestões de acolhimento a mais adequada para trabalhar com seu alunos nas primeiras aulas, assim como, a definição de habilidades e competências necessárias como introdução ao ano letivo em todos os anos/séries de 2017. 












sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

1º Espaço Cultural 2016 da E.E. Prof. José Pedretti Neto

Em 02 de dezembro de 2016, alunos, professores,  funcionários, equipe gestora e parceiros da escola apresentaram as atividades desenvolvidas na Unidade Escolar em 2016. 






















terça-feira, 29 de novembro de 2016

Exposições de Fotografias na Escola Prof. José Pedretti Neto



A Comunidade Escolar da E.E. Prof. Convida para Exposição 2016.
Serão 20 imagens em cada tema. 


sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Noite memorável na EE Prof. José Pedretti Neto

Não é muito comum se registrar, em livro, a História de uma escola. Em nossa cidade somente duas escolas, mais antigas, tiveram sua história publicada. A EE Prof. José Pedretti Neto, cujo prédio completou, neste ano, 40 anos de construção e mais de 40 de existência da Escola carecia deste registro.
Ontem, no pátio do Pedretti, diversas pessoas se reuniram para prestigiar o lançamento do livro "E.E.Prof. José Pedretti Neto - 40 anos" Estiveram presentes ex-alunos, alunos, ex-diretores, ex-vice-diretores, funcionários, professores, filhos de professores, Sra. Regina Littério, Supervisora de Ensino representando a Dirigente Regional de Ensino; Sra. Carmem Lúcia (Associação Botucatuense de Letras), Sr. Moacir Bernardo (Presidente do Centro Cultural de Botucatu)  e dois filhos do Prof. José Pedretti Neto: Sr. José Luiz Pedretti e Sra. Elizabeth Pedretti. Também compareceram pessoas que contribuíram para o livro: Sr. Lair, representando a Faculdade Galileu e o Sr. João Figueiroa (ex-presidente do Centro Cultural de Botucatu).
O mestre de cerimônias, muito emocionado, Prof. Volpato fez as honras da casa. Fez a abertura do evento, chamou os convidados, que falaram sobre sua relação com a Escola e a importância da Escola em sua vida. Professor Volpato lembrou as felizes coincidências no lançamento da obra: dia escolhido é celebrado o Dia Internacional da Biblioteca Escolar; a reunião neste dia para lançar um livro; o fato do livro ser sobre a História; ele, um Historiador, ter sido escolhido para apresentar o evento.
O Senhor José Maria Leonel, ex-aluno da Escola Pedretti, falou emocionado de sua relação com a escola e com o Professor Pedretti e sua família.
O Sr. José Luiz, filho do Professor Pedretti, falou de seu pai e a filosofia de vida dele, de sua missão como educador. Contou também que seu pai, certa vez, estando perto do Mosteiro das Servas do Senhor, tirou uma fotografia, na qual aparecia, justamente, o local, onde viria a ser a escola, que receberia o nome dele. Sr. José Luiz se  emocionou muito a cada lembrança, a cada frase proferida!
A Sra. Érica, ex-aluna da escola nos anos 80, reviveu, em sua fala, momentos vividos na escola: o bullying, a vontade de jogar vôley, o incentivo do Prof. Varoli, que foi decisivo para que ela jogasse, praticasse esportes, que trouxeram para ela a possibilidade de conhecer outras cidades, Estados, bem como o emagrecimento, que almejava. Relatou que cursou duas faculdades, que a Escola foi decisiva em sua vida, que nela fez amizades, que perduram até hoje.
A aluna, da 3ª série do Ensino Médio de 2016, que também falou do quanto a Escola é importante em sua vida.
O Sr. Lair, representando a Galileu, falou brevemente sobre a Educação e a importância dela para o crescimento do País, enquanto Nação. A Faculdade Galileu publicou o livro.
Prof. Joaquim, atual Diretor e autor do livro, contou a todos como foi o processo de criação da obra. A escrita do livro surgiu da necessidade de reunir documentos e escrever a História da escola, que estava se perdendo. Para escrevê-la iniciou suas pesquisas nos documentos do acervo da própria escola, mas que estes não davam conta da História a ser contada. Foi preciso pesquisar em outras fontes. O Sr. João Figueiroa, em 2015, abriu as portas de hemeroteca do Centro Cultural para a pesquisa nos jornais dos anos 70 e 80. A FDE, Fundação para o Desenvolvimento da Educação, enviou, por e-mail, documentos da época da construção, entre eles, a planta da escola da Veiga Russo.
Como o livro não tem fins lucrativos, serão distribuídos exemplares a todas as escolas estaduais da área de jurisdição da Diretoria de Ensino Região de Botucatu e às biblioteca públicas da cidade.

Maria S. Delfiol Nogueira